Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 04.11.07
Eu hoje acordei assim...


Jane Birkin

... tenho esta imagem guardada há séculos, talvez desde a altura em que comecei a escrever sobre características marcadamente femininas, tendo em vista uma conclusão: aquilo que nos une, mulheres e homens, é a doçura. E é isso que vejo nesta fotografia: uma doçura luminosa que pode ser fugaz mas que é sempre conciliadora. E a designação em grego para a Grandeza de Alma de Aristóteles é mesmo megalospsuchos, não é uma maravilha? Afinal é a única virtude que interessa, a que tudo abrange, de que todas as outras dependem, porém a mais frágil. Será? Depois fiquei a pensar se já tinha feito a etimologia de prática mas não consigo descobrir nada nos arquivos. Nem de coisa, em grego prágma, e que descobri há pouco ter a ver com práksis. Ou seja, "coisa" e "acção" (prágma e praksis respectivamente) parecem ter a mesma origem e isto para mim é revolucionário, embora na verdade, se pensar um bocadinho, seja óbvio e faça todo o sentido. Sendo ambos originários do verbo prásso, talvez fosse interessante perceber de que forma as palavras surgiram a partir de diferentes tempos verbais, sendo práksis, por exemplo, quase com certeza um aoristo (passado) - soa-me um epraksa por aí, não interessa. Pronto, lá terei de visitar certa zona da biblioteca da Faculdade onde existe um dicionário bigalhão e pesadíssimo com montanhas de etimologias gregas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:37