Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.06.03
O sempre gentil Pedro de Almeida Cabral escreveu-me numa mensagem que gostaria de saber o étimo de nistagmos e explica: "Nistagmos é o nome de uma doença congénita que faz com que o globo ocular não se consiga fixar num ponto só. Deste modo, os olhos tremem ligeiramente na horizontal ou na vertical conforme os casos. É uma doença incurável e não se sabe a sua origem. (...) Como já adivinhou, tenho essa doença, embora num grau muito diminuto mas que, mesmo assim, me incomoda ligeiramente. Para mim, saber a origem da palavra que a designa é saber um pouco mais de mim mesmo."



A ideia de que a etimologia nos pode ajudar a saber o que somos é muito bonita, Pedro, mas para responder a esta questão, vejo-me obrigada a fazer fliques-flaques à rectaguarda e terminar com um mortal empranchado. Não sei se o conseguirei ajudar (a merda do grego não explica tudo). Nistazo significa ter sono e é uma palavra antiga (aparece em Xenofonte e em Platão). Andei a pensar no que teria isso a ver com o nistagmos de que falou. Bem, com o sono vem a incapacidade de concentração (primeiro flique-flaque); o cabecear (segundo); os olhos a fechar (terceiro) e o quase adormecer (quarto). Associar tremer e cabecear de sono não me choca (mortal empranchado).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:43