Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 07.06.05
Six Feet Under Notes


Claire para Edie: "Try not to look sexually objectified."

Rebolar na relva é muito bom. Os americanos têm muito espaço, bons relvados, fofinhos e bem cheirosos. Percebi tão bem a vontade de rebolar na relva e não tinha tomado aquela droga espantosa (demi-qualquer-coisa), tipo Ecstasy, mas mais forte. Concordo com a Diotima: um episódio magistral. Por causa de Claire. Das suas preocupações profundas e sérias em relação à arte e à vida das pessoas (como conjugar as coisas; o que é que importa). Ou melhor, de "Claire! Claire! Claire!", como enfatiza o Luís. Depois: David "I'm Fine" Fisher e a vergonha de ter pedido ajuda por causa de um ataque de pânico e a mentira descarada que conta a Ruth: "Sometimes bad things happen and it doesn't make sense"; o engano de Rico, a justificação de Rico, os segredinhos de George (o Neti na prateleira de cima, disgusting!) e a infelicidade de Ruth (um casamento que mal começou já acabou), Nate, um "pródigo regressado à causa dos funerais", citando o Luís Carmelo e Brenda, que também volta porque não consegue ter outra vida.

Adenda: Ivan, as fotografias são descaradamente roubadas do site oficial (Episode Guide). Qualquer dia, prendem-me.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:49