Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 13.01.07
Bom em todas as línguas

"A vida erótica das mulheres - em parte devido ao efeito paralisante das condições da civilização e em parte devido à sua convencional discrição e insinceridade - continua velada numa obscuridade impenetrável."

Sigmund Freud, Textos essenciais da psicanálise, a teoria da sexualidade, volume II, tradução de Inês Busse, Publicações Europa-América, 2000, p. 33.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:35