Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 24.05.04
Diacho: leio um post do Eduardo que fala, entre outras coisas, do filme Tróia. Agora que só penso na batalha de Termópilas, tenho de fazer um esforço e ir ao cinema ver o Brad Pitt a fazer de Aquiles. Aquiles é a minha personagem favorita da Ilíada, também por ser a mais complexa e a mais desviante. A Ilíada é sobretudo sobre Aquiles (embora o título nos remeta para Tróia, ou, originalmente, Ilion); ou melhor, sobre a morte de Aquiles: sobre a saída de cena de Aquiles (canto I), a espera por Aquiles (que dura 15 cantos) e o regresso de Aquiles à batalha para vingar a morte de Pátroclo (canto 17). A Ilíada tem 24 cantos. A primeira palavra da Ilíada é "ira" - a ira de Aquiles. O facto de Aquiles não morrer na Ilíada é irrelevante, porque a sua morte foi determinada pelos deuses. Ou seja, sabemos que vai morrer, como foi anunciado pela mãe Tétis no canto I.



Há cerca de um ano escrevi coisas más sobre Homero. Que era aborrecido e parvoíces do género (embora mantenha que não existiu). Hoje em dia, percebo que a Ilíada foi um dos livros que mais prazer me deu estudar. Significa isso que agora sou adulta, which is very nice.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:32