Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 26.07.07
Caracóis, sandálias e traições (10)



Rui, gravei o episódio e vou tentar que o Varandas não grave nada por cima. Átia sempre foi e sempre será a melhor personagem desta série, badocha ou não. Belíssima neste último episódio, supera uma prova final completamente desumana (aos meus olhos modernos, entenda-se): neste Triunfo - tão diferente do anterior, é verdade, Ana Cláudia - é obrigada a assistir à exibição dos corpos de Marco António e de Cleópatra, prémios de Octávio para o seu povo. E suporta tudo, só com os olhos muito vagamente brilhantes, olhando uma vez para o filho e depois para o lado sem chorar uma única lágrima. Devo notar, aliás, que nos episódios que se seguiram à maldição de Servília - Rui of Zinkii, I call for justice, and all that jazz, lembram-se? - assistimos a relativamente pouco sofrimento para Átia. É certo que acaba sozinha, but don't we all? Julgo que a maldição de Servília acaba por não se cumprir - sempre me pareceu uma personagem pouco eficaz na concretização das suas coisinhas - ou cumpre-se apenas de um ponto de vista telenovelesco: o seu melhor amante acaba doente de amor por uma mosca morta (lamento, Rui, mas não - a Rainha do Egipto e o grande Marco António retratados como um casal enfadonho de uma telenovela: "eu amo você, Marco Antônio...", "ah, quirida, você gosta dji mi ver dji eyelainer?" e assim por diante, boring I say!). Servília que afinal foi o grande amor de Júlio César, segundo conta Suetónio... Nem uma porcaria de uma maldição de jeito! Tanto drama para pouco. Átia mantém-se firme e responde maravilhosamente à serpente da nora, quando esta insiste em entrar primeiro e ocupar o lugar de honra no Triunfo: "You are swearing now that some day, some day you will destroy me. Remember: far better women than you have sworn to do the same. Go look for them now." Os inimigos, para o serem, têm de no mínimo estar à altura.

Adorei as nossas conversas, como sempre. Obrigada!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:17