Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 02.02.07
Eu hoje acordei assim...

Image Hosting by PictureTrail.com
Brigitte Bardot

... o último texto do segundo volume dos Textos essenciais da psicanálise acaba assim: "Se os senhores querem saber mais a respeito da feminilidade, estudem as experiências da vossa própria vida, ou dediquem-se aos poetas, ou esperem até que a ciência vos possa dar uma informação mais profunda e coerente." Cá está! No fim da conferência sobre a feminilidade, em 1933, após dissertar longamente sobre a inveja do pénis e o complexo de castração, Freud deita a toalha no chão, quase parece pedir que o perdoem por ter aborrecido as pessoas que o ouviram a repetir a sua teoria. Naquela frase, leio qualquer coisa como: "Tenham lá paciência, desculpem qualquer coisinha, mas a questão resolve-se no terreno, experimentando e lendo os relatos ficcionais das experiências dos outros. Ah, e depois a ciência há-de resolver o que falta". Uma maravilha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:04