Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 17.11.03
Numa brevíssima interrupção entre a cantoria e os testes, leio o texto de hoje do João Pereira Coutinho sobre a série britânica The Office. Quando percebi que iam dar a série no sábado all over again até tremi. É precisamente por ser tão estupidamente próxima do quotidiano que não a suporto. Porque todos já conhecemos a inércia da recepcionista, a chico-espertice e a mediocridade dos funcionários, o massajar de gravata do chefe. Percebo que se ache piada. Eu fujo dela como o diabo da cruz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:14