Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 19.10.03
O António Mota também faz o favor de dar para este peditório organizado por moi même (obrigada!).



"Acerca do seu último contributo polémico, eu diria: quando dizemos que fulano(a) é escritor ou é pedreiro ? bom ou mau é-o. O problema está em que catalogamos antes de identificarmos e depois andamos meio tempo a justificar o rótulo. Com excepção dos analfabetos, todos sabem escrever um pouquinho, dar um pequeno recado, o que não faz do escrevente um escritor, assim como não faz do trolha que dá uma mão e ajuda o pedreiro num destes profissionais (e também há pedreiros que não são pedreiros pois são artistas! Enfim, fiz-me entender?)."



Ainda bem que saber escrever não significa que sejamos todos escritores. O mercado ficaria saturado! Acho graça à ideia do profissional da escrita, da actividade criativa como um processo racional, trabalhoso e que se torna possível porque se adopta uma determinada técnica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:58