Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 28.12.03
Uma vez que o acontecimento que de facto marcou o ano de 2003 (aqui para nós) foi o aparecimento dos blogues, gostaria de falar um bocadinho sobre os que foram (e são), para mim, os melhores blogues do ano. Para isso - e embora bastasse dizer que se trata de uma selecção feita segundo o meu gosto - gostaria de referir alguns critérios (também pessoais) em que me baseei para fazer essa escolha:



- originalidade;

- assiduidade (actualização quase diária);

- interactividade (sistema de comentários ou resposta a e-mails ou linques para outros blogues);

- lista de linques;

- boa escrita do português;

- simpatia.



É por isso que, para mim (e peço que não me levem a mal todos os outros autores de blogues que conheço e que não conheço e que estimo), o melhor blogue é o Homem a Dias.



Segue uma curtíssima lista dos meus blogues preferidos deste ano. Não estão por nenhuma ordem.



- Contra a Corrente

- A Tasca da Cultura

- Liberdade de Expressão

- Procuro Marido

- A Causa Foi Modificada

- A Praia

- Voz do Deserto

- Modus Vivendi

- Aviz

- Miniscente

- Dicionário do Diabo

- Flor de Obsessão

- Gato Fedorento

- Ponto e Vírgula

- Cruzes Canhoto



O Abrupto parece-me ser um caso à parte. Se esquecermos um começo um tanto ou quanto mestre-escola quando propunha temas do género "objecto em extinção", a coerência política e solidez ideológica do seu autor fizeram do Abrupto um blogue de visita inevitável e, diria mesmo, natural.



Na lista também não incluo os blogues para mim mais influentes. São eles A Coluna Infame e O Meu Pipi. Isto porque o primeiro é o blogue mais importante da blogosfera e o segundo é um livro e sempre o foi mesmo antes de o sabermos.



Agora sim. Que essas garrafas de champanhe sejam bebidas como se não houvesse amanhã. A todos um excelente ano de 2004!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:06