Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 16.09.03
Sinto-me uma Miss Universo, venezuelana, alta, bem coroada e de ceptro em punho, obrigada a entregar antes de tempo as riquezas que ganhei por manifestar o desejo de paz no mundo. O Homem a Dias, esse membro do júri implacável, lá por em vez de me deslocar ao Ground Zero ter ficado na Quinta Avenida a fazer compras, resolveu retirar-me o título. E para cúmulo da humilhação, escolheu uma porto-riquenha pequenina e gorducha que promete salvar as empresas através de sistemas que não são pequenos. Como competir com uma ideia destas?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:27