Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 16.08.05
O menino da mamã e da avó (8)

O célebre episódio da madalena de Proust é ainda mais bonito do que pensava. Não o posso pôr aqui. Não quero sequer citá-lo. Terão de o ler. Começa no último parágrafo da página 51 e termina, imediatamente antes da parte II, na página 55. Mas não resisto a transcrever uma descrição do carácter de Françoise, a criada da tia Léonie: "Habitualmente, depois de a Eulalie se ir embora, a Françoise profetizava sem benevolência a seu respeito. Odiava-a mas temia-a, e julgava-se obrigada, quando ela lá estava, a fazer-lhe «boa cara». Desforrava-se depois de ela sair, a bem dizer sem nunca a nomear, mas proferindo oráculos sibilinos ou sentenças de carácter geral como as do Eclesiastes, mas cuja aplicação não podia escapar à minha tia." (117) Maravilhoso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:49