Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Decisão corajosa

por Carla Hilário Quevedo, em 25.11.15

No meio do verdadeiro horror transmitido pela televisão, vimos imagens de pessoas que tentavam escapar pelas portas laterais do Bataclan. Algumas corriam, outras estavam feridas, outra arrastava uma pessoa que tinha sido atingida pelos disparos. Vimos ainda uma mulher pendurada numa janela e mais tarde informaram-nos de que estava grávida. Minutos depois vimos alguém a socorrê-la e a ajudá-la a entrar no edifício em segurança. O final foi feliz. Depois de tudo ter acabado, a mulher tentou entrar em contacto com o homem que a tinha ajudado. Graças às redes sociais conseguiu encontrá-lo e agradecer-lhe. Não posso deixar de pensar nesta mulher antes de ser salva, antes de decidir pendurar-se numa janela para escapar da morte certa. Aquele momento em que decide tudo ou nada e em que toma uma boa decisão no desespero. Que mulher corajosa e de sorte! Mas uma sorte merecida, arrancada, ganha. Toda a minha admiração e alegria para esta mulher. 

 

Publicado na Tabu, Cinco Sentidos, 20-11-15

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:55